Turismo 2020 – Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior

Se pretende investir no projeto relacionado com o turismo este aviso é para si.

Objetivo

  • Promoção do desenvolvimento de projetos de investimento que tenham em vista produtos com relevância turística e que contribuam para a valorização económica dos territórios.

Beneficiários

Turismo_P2020
  • Entidades públicas e privadas sem fins lucrativos, e entidades regionais de turismo;
  • Empresas e outras entidades privadas com fins lucrativos.

Tipologias de projetos

  • Valorização do património natural, através da oferta de atividades turísticas que concorram para a fruição sustentável desse património e para o posicionamento internacional de Portugal como destino competitivo para a prática dessas atividades;
  • Valorização do património cultural e que contribuam para o reforço da atratividade dos destinos, nomeadamente no âmbito do desenvolvimento de rotas e redes de “saber fazer tradicional”;
  • Valorização dos recursos endógenos das regiões ou de desenvolvimento de novos serviços turísticos nomeadamente os que se desenvolvam no âmbito do enoturismo, turismo militar, turismo termal, turismo literário e do turismo equestre;
  • O desenvolvimento de redes de oferta de infraestruturas de apoio ao autocaravanismo.

Âmbito geográfico

  • Regiões NUTS III identificados no Anexo III da Resolução do Conselho de Ministros n.º 72/2016, de 20 OUT (PNCT), que define os territórios do interior; ou
  • Para projetos da tipologia b), podem ser considerados elegíveis projetos cujo objeto de candidatura, ainda que não fazendo parte das regiões NUTS III identificados no PNCT, estejam integrados em redes de percursos internacionais ou transfronteiriços; ou
  • Podem ainda ser abrangidos outros concelhos, além dos identificados no PNCT, desde que se integrem em projetos a desenvolver em rede e que a maioria do investimento afeto seja realizado em território identificado na alínea anterior.

Despesas elegíveis

  • Obras de construção, adaptação, aquisição de bens e de equipamentos diretamente relacionados com o projeto;
  • Suportes informativos físicos e/ou digitais multi-idioma, incluindo desenvolvimento de conteúdos, website, sinalética e ferramentas de apoio à experiência turística de base tecnológica;
  • Ações de promoção nacional e internacional diretamente relacionados com o projeto;
  • Ferramentas de monitorização da procura, pós implementação do projeto;
  • Organização dos calendários de eventos.

Forma, financiamento e apoio

Para entidades públicas, entidades privadas sem fins lucrativos e entidades regionais de turismo:
  • Subvenções não reembolsáveis;
  • Taxa máxima de financiamento: 70%.
Para empresas e outras entidades privadas com fins lucrativos:
  • Subvenções reembolsáveis;
  • Reembolso: 7 anos;
  • Carência: 2 anos;
  • Taxa máxima de financiamento: 50%.

Dotação orçamental

  • €35.000.000 (trinta e cinco milhões de euros)

Limite para apresentação de candidatura

  • 30.NOV.2019 (23:59)
Formação Ação MOVE Portugal 2020

Precisa de consultoria especializada?